Revendo o Pacto Lésbico-feminista

O segundo dia de trabalhos do VII SENALE começou com a revisão do pacto de solidariedade lésbico-feminista, construído em 11 de maio de 2009, durante o Seminário de Diversidade de Sujeitxs do SUS, em Brasília. Este pacto surgiu em uma reunião das representantes de redes de lésbicas presentes naquele seminário, interessadas em dar seguimento e realizar o VII SENALE, que já levava um ano de atraso naquela ocasião. Para saber mais sobre este processo, clique aqui.

Goretti Gomes, Alessandra Guerra,  Maria Fátima e Silvana conti, que estiveram presentes à reunião de Brasília, apresentaram às demais quais as ideias principais do pacto, por que ele surgiu e como este acordo tem sido implementado nos seus respectivos estados: Rio Grande do Norte, Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Este foi também o momento de entendermos melhor as dificuldades na realização deste VII SENALE: por que precisou ser adiado duas vezes, a dificuldade na liberação dos recursos e, por último, as falhas e os sucessos neste processo. Esta sessão extrapolou o horário previsto para o término e tomou todo o período da manhã. Ainda assim, as ativistas consideram que foi um momento valioso para compartilhar ideias, emoções e impressões sobre o pacto lésbico feminista, o processo de construção do VII SENALE e afinar as energias para o trabalho dos próximos dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: