A Favorita: mania de doença… abaixo os preconceitos!

Eu sou noveleira. Assumo. Uma vez falei isso pra uma professora na faculdade de Jornalismo e ela ficou muito impressionada com o meu entusiasmo e franqueza. Adoro estar em casa fazendo qualquer coisa e ouvindo a novela pela televisão. Ou de sentar em frente a TV e simplesmente assistir toda a sequencia de novelas. Hoje, a minha favorita é… A FAVORITA. Por vários motivos: a trama, a impecável interpretação de Patrícia Pillar, o deputado corrupto, a velha interesseira, o Orlandinho com a Céu, a bucólica vila operária que não se dá conta que vive contaminada pela fumaça da papeleira do Gonçalo… e onde está o núcleo lésbico da novela!

Quando a Estela se assumiu lésbica para a Catarina, há cerca de dez dias, eu e outras noveleiras comentávamos do avanço que foi aquela cena, da forma delicada e direta que o autor, João Emanuel Carneiro, encontrou para tratar do tema, sem reforçar estereótipos e ainda desconstruindo o mito da sapatão fanchona machorra. Mas – sempre tem que haver um ‘mas’ – eu dizia que o próximo passo seria o discurso do Léo de que ela só é lésbica porque não foi bem comida. Falei. Falei mesmo, e tenho certeza que minhas amigas e amigos noveleir@s hão de confirmar nos comentários! rsrsrs… Logo abaixo você verá, pois, a fala do machão mais tosco da trama das 21h.

Por outro lado, a Catarina (Lílian Cabral) faz uma fala maravilhosa sobre preconceito, discriminação e intolerância. João Emanuel está sendo bastante feliz  no trato da questão, fico feliz.

Podemos esperar que o Léo procure consumar o ato que, ele pensa, poderia curar a Estela dessa “doença”. Bem, se acontecer, espero que o autor aproveite para também dar visibilidade à Lei Maria da Penha, disque 180, campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulheres” e demais ferramentas existentes para combater a violência.

Já na última parte da novela, uma outra cena afirmativa, dessa vez envolvendo Céu e Orlandinho, desconstruindo o mito do “gay devasso”. Olha só!!

Até o próximo capítulo!

Anúncios

2 Respostas to “A Favorita: mania de doença… abaixo os preconceitos!”

  1. marcia paula Says:

    Olá,

    Acho que com senso crítico qualquer pessoa deve assistir o que bem entender. Minha amada adora novela e quando ela está em casa assisto coladinha nela. Beijos.

  2. Dànskï Noveleira Says:

    geeeeente! só hoje eu vi que as amigas noveleiras tinham que confirmar. Falou meeeeeeeeesma e eu também! rsrsrs. Cá pra nós, a novela tá mara! rsrsrs.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: